PLANEJAMENTO é um processo administrativo que visa determinar a direção a ser seguida para alcançar um resultado desejado (Lacombe (2003, p.162).

 

Entender o Planejamento como um processo administrativo, não significa burocracia, e sim uma forma de visionar a realidade, descrever os objetivos de futuro, independente do tempo em que se olha a frente, desenvolver os caminhos a serem seguidos, adequando e reavaliando permanentemente os métodos e formas para alcançar o que se pretende.

Planejar é racionalizar as ações, permitindo antecipar os resultados pretendidos.

 

Desvincular o Planejamento do processo burocrático quotidiano necessita da adoção de critérios, assim como cumprir com as obrigações tributárias, ou as relações institucionais. O que pode ser modificado, é o que trata do conteúdo, ou seja, o Planejamento pode mudar o perfil do tributo, mas, não muda a obrigação tributária; bem como as relações institucionais são necessárias, porém, combinadas com os objetivos planejados.

 

Portanto, Planejar é ver o futuro, definir a trajetória, antecipar os eventos, inclusive os adversos, enfim, é ser profissional e competente.

 

Para desenvolver o Planejamento existem ferramentas que são determinantes para o sucesso do negócio:

·     Planejamento Estratégico

Planejamento Estratégico é um instrumento que define explicitamente a razão de ser e os objetivos de longo prazo da organização, estabelece os programas de ação para alcançá-los e aloca os recursos necessários para tanto.

Resumo do programa.

 

·     Planejamento Tático

O Planejamento Tático estuda a estrutura da organização para enfrentar os desafios estratégicos estabelecidos.

A análise da organização deve obedecer o princípio da temporalidade, ou seja, a sua adequação ao momento e ao futuro.

O programa de trabalho é adequado as cacterísticas da Empresa.

 

·     Planejamento Operacional / Orçamento

O Planejamento Operacional ou Orçamento estuda as receitas, custos e despesas. Determinando os valores que são necessários para manter o empreendimento no momento e no futuro, considerando tendências e objetivos estratégicos definidos.

O programa pode ser desenvolvido por diversas vias:

ð  Curso para o público interno ou para um público aberto;

ð  Desenvolvimento metodológico interno;

ð  Consequente ao programa do Planejamento Estratégico e a este ligado;

ð  Independente e com objetivos estratégicos;

ð  Outras formas a serem adequadas a Empresa.

Resumo do programa.

 

·     Zero Base Budget

O Orçamento Base Zero ou Zero Base Budget é o programa de implantação do Orçamento desenvolvido a partir das bases operacionais, ou seja, os menores setores participam diretamente do Orçamento.

Este programa de Planejamento permite a participação responsável no desenvolvimento do Orçamento, gerando com consequência o comprometimento pela sua realização.

O programa também permite agregar ao sistema de avaliação setorial podendo ser determinante de premiações escalonadas.

O Zero Base Budget pode ser complementado com o sistema de faturamento interno entre os setores.

O programa é adequado as cacterísticas da Empresa.